Loading

Blog da Aninha

Aquela canção

enviado por Ana Paula Oliveira, 30 de Novembro de 2011 Comentários 3 comentários

 

Olá pessoal,

gostaria de usar este espaço para também compartilhar alguns gostos musicais e letras que particulamente dizem muito do que eu penso.

E não seria diferente das músicas cantadas por Renato Russo. A música " Mais Uma Vez"  diz que um dia a gente aprende e que muitas vezes o sofrimento não vale a pena. Seja qual for os problemas que enfrentamos, a dor que suportamos ou as decepções que vivenciamos basta acreditarmos que tudo vai dar certo. Ter a esperança de um dia melhor é viver. Porque então não confiar naquilo em que acreditamos? Nunca deixem de sonhar e acreditem em si mesmos.


Mais Uma Vez
Renato Russo

Mas é claro que o sol
Vai voltar amanhã
Mais uma vez, eu sei
Escuridão já vi pior
De endoidecer gente sã
Espera que o sol já vem
Tem gente que está do mesmo lado que você
Mas deveria estar do lado de lá
Tem gente que machuca os outros
Tem gente que não sabe amar
Tem gente enganando a gente
Veja nossa vida como está
Mas eu sei que um dia a gente aprende

Se você quiser alguém em quem confiar
Confie em si mesmo

Quem acredita sempre alcança

Nunca deixe que lhe digam
Que não vale a pena
Acreditar no sonho que se tem
Ou que seus planos nunca vão dar certo
Ou que você nunca vai ser alguém
Tem gente que machuca os outros
Tem gente que não sabe amar
Mas eu sei que um dia a gente aprende
Quem acredita sempre alcança


 

Postado em:

Tags:

 

Deixe o seu comentário



Stand UP com Flávio Prado

enviado por Ana Paula Oliveira, 22 de Novembro de 2011 Comentários 0 comentários

 

Olá pessoal, queria mostrar o vídeo de um dos momentos em que participei do Stand Up do jornalista Flávio Prado , no último sábado, dia 19 de novembro, em São Paulo.

Primeiramente foi uma surpresa o convite. Depois, no dia da estreia  o nervosismo e a ansiedade  de como seria. Na hora eu fiquei pensativa em  como o público me receberia, se iriam gostar do figurino, mas depois que subi no palco e fiz a primeira brincadeira tudo ficou mais fácil.

Me senti a vontade e até me deu vontade de  desenvolver um Stand Up no futuro. Quem sabe  sobre causos pitorescos de arbitragem kkkk.

O  frio na barriga foi o mesmo quando entro em campo. Espero que gostem!


 

Postado em:

Tags:

 

Deixe o seu comentário



Portal Lancenet entrevista Ana Paula

enviado por Ana Paula Oliveira, 04 de Novembro de 2011 Comentários 0 comentários

 

O portal Lancenet entrevistou a musa do futebol Ana Paula Oliveira. O foco principal foi o jogo e a história que marcou o confronto entre Botagofo x Figueirense em 2007.

Ana Paula Oliveira: 'Sempre gostei do Botafogo'
Às vésperas de Bota x Figueira, ex-bandeira não se arrepende de dois gols anulados em 2007 na Copa do Brasil: 'Durmo tranquila'

Vinícius Perazzini
Publicada em 04/11/2011
Rio de Janeiro (RJ)


Personagem principal do confronto entre Botafogo e Figueirense pela Copa do Brasil de 2007, Ana Paula Oliveira não esconde que até hoje sofre com a fúria de parte da torcida do Glorioso. Às vésperas do jogo que colocará os dois clubes frente a frente no Engenhão, neste sábado, pelo Brasileirão, a bela bandeirinha conversou com o LANCENET! a respeito da polêmica e foi taxativa sobre os comentários de que prejudicou o clube carioca:

– Não tenho nada contra o clube, pelo contrário, sempre gostei do Botafogo. Meu pai era corintiano, mas idolatrava Garrincha. Peguei carinho pelo clube, cresci lendo Armando Nogueira. Por causa de um jogo, sou obrigada a escutar coisas que não merecia – desabafou.

A declaração pode soar de maneira estranha, já que Ana Paula entrou em declínio como assistente justamente depois das decisões controversas naquela semifinal. Hoje, aos 33 anos e com trabalho de comentarista na Record, ela não guarda rancor das críticas.
     
Ana Paula na capa da 'Playboy' em 2007     

– O duelo virou polêmica por um dirigente, que reclamou e deu declarações machistas. Naquele jogo, eu já havia recebido uma proposta da “Playboy”. Aceitei depois porque era irrecusável. Nem dinheiro para comprar uma casa eu tinha. Não me promovi com o Botafogo – comentou Ana Paula, que após os impedimentos foi afastada pela CBF por 15 dias e nesse tempo fechou com a revista “Playboy”. Ela nunca mais voltou aos campos depois daquele jogo.

– Durmo tranquila. Eram lances de questão interpretativa, milimétricos. Fiz o certo nos dois lances.

A POLÊMICA
Botafogo 3 x 1 Figueirense
Ana Paula anulou dois gols do Botafogo por impedimento. No primeiro lance, Zé Roberto aproveitou rebote. Nem as câmeras mostram o lance com precisão. No segundo, Lucio Flavio cobrou falta e Vagner marcou, mas a assistente indicou Alex, que tentou cabecear perto do goleiro, em posição ilegal. Com os 2 a 0 do Figueira na ida, o Botafogo saiu.

Depois da partida
Ana Paula foi afastada pela CBF por 15 dias, saiu na “Playboy” e largou o apito.

META É RETORNO PARA BANDEIRA

Ana Paula ainda tem como objetivo voltar aos campos como assistente. Ao se dizer curada de lesões na tíbia, osso abaixo dos joelhos, nas pernas direita e esquerda, ela mira o teste da Federação Paulista para retomar a carreira. A assistente ainda faz parte do quadro da federação e pediu licença médica. Agora, acredita que está em boas condições.

– Sofri uma lesão, mas não consegui parar e cuidar disso, pois tinha outros compromissos profissionais. Neste ano, consegui me recuperar e hoje consigo correr dez quilômetros por dia.

O próximo teste da Federação Paulista será em dezembro.

BATE-BOLA

Ana Paula Oliveira
Com exclusividade ao LANCENET!

Para você, o que representa os lances polêmicos naquele jogo?
Eu já vi a gravação dos lances diversas vezes e costumo mostrar as jogadas em minhas palestras. Foram marcações difíceis, episódios ricos em detalhes. São exemplos do futebol rápido e moderno.

Como viver com a pressão de parte da torcida do Botafogo?
Fico triste com xingamentos no meu site. O goleiro do Botafogo falhou, mas só lembram de mim. Entrei para a História como a pessoa que eliminou o time. E o que o Botafogo ganhou de lá para cá?

Existe mágoa pela frase do vice de futebol do Botafogo na época, Carlos Augusto Montenegro: “Não vejo mulher em Copa do Mundo, não vi mulher na final da Liga dos Campeões, nem nas decisões mais importantes do mundo?”
Foi a declaração que desencadeou toda a polêmica. Eu mesma saí sem problemas do Maracanã, mas o dirigente despertou um sentimento de raiva na torcida. Mas não o condeno. Futebol é paixão. Só que isso me marcou.

Fonte: Lancenet
Veja aqui 

 

Postado em: Entrevista, futebol.

Tags:

 

Deixe o seu comentário



Futebol nos Jogos Pan-Americanos

enviado por Ana Paula Oliveira, 18 de Outubro de 2011 Comentários 1 comentários

 

Olá pessoal!

Agora vocês poderão conferir o meu blog, também no Portal R7 da Rede Record.  E hoje no Pan de Guadalajara, participarei das transmissões dos jogos  de futebol femino e masculino ao vivo, pela Record News.

A partir das 20h00, no horário de Brasília, a Seleção Brasileira entra em campo contra a rival Argentina para fazer o primeiro jogo. Sem a experiência das jogadores Cris e Marta, o Brasil vai contar com o futebol de Tânia Maranhão, Formiga, Maicon entre as outras estrelas do feminino.

Confira Agora essas e outras informações no meu blog R7! Entre e comente
.

 

Postado em: futebol, Jogos Pan -Americanos, Jornalismo, Trabalho, TV.

Tags: futebol, record.

 

Deixe o seu comentário



Arataca de todos os brasileiros

enviado por Ana Paula Oliveira, 16 de Setembro de 2011 Comentários 12 comentários

 

Hoje queria compartilhar com vocês uma das viagens que fiz por esse Brasil.  E que realmente me chamou a atenção. No dia 11 de setembro, cheguei nesta pequena cidade de apenas 10 mil habitantes. Mas que possui uma população maravilhosa  e me recebeu de braços abertos para a abertura do 1°Campeonato de Futebol de Um Novo Tempo.


Talvez muitos de vocês não a conheçam, mas no interior da Bahia, há uma cidade chamada Arataca que significa "Arapuca pra onça”. Foi uma viagem a trabalho, fui convidada para ser árbitra no jogo de abertura do campeonato e para mim foi uma honra fazer parte desse evento. A festa de abertura  foi muito linda e as equipes me respeitaram em todo decorrer da partida. Nota-se que Arataca é uma cidade apaixonada por futebol, sendo a grande maioria flamenguista.


Em particular gostei muito de ter conhecido a cidade, e fiquei encantada com a hospitalidade do povo que apesar de viver em condições muito simples, me contagiaram com alegria. Como forasteira, cheguei sem conhecer ninguém, mas sai com amigos formados.

Quero agradecer imensamente ao prefeito Rozano e família pelo cuidado e atenção e parabenizá-lo por incentivar as pessoas na vida esportiva. Além do presente de estar em Arataca, ainda tive a oportunidade de conhecer a cidade de Ilhéus, e vivenciar de perto um pouco da história de Jorge Amado, autor que admiro muito por seus romances. Também pude visualizar o fruto do cacau pela primeira vez e as maravilhas das praias que cercam Ilhéus. Realmente valeu a pena estar nessas cidades.


Espero retornar à Arataca brevemente e aprender cada vez mais sobre esse povo que me recebeu de braços abertos. Muito obrigada à Arataca-BA.

 

Postado em: Evento, Viagem.

Tags: Ana Paula.

 

Deixe o seu comentário



Um novo talento

enviado por Ana Paula Oliveira, 22 de Agosto de 2011 Comentários 3 comentários

 

Olá pessoal!

Eu estava na casa de uma amiga e tive a oportunidade de conhecer a Patrícia Rodriguez, um talento musical. Particulamente eu gostei muita da voz e da pessoa que ela representa e gostaria de compartilhar com vocês.

Vocês gostaram? dê sua opinião e indiquem.

 

Postado em: Evento, Viagem.

Tags: Ana Paula.

 

Deixe o seu comentário



Tempo de mulher entrevista Ana Paula Oliveira

enviado por Ana Paula Oliveira, 15 de Agosto de 2011 Comentários 1 comentários

 

No dia 10 de agosto de 2011, Ana Paula Oliveira concedeu uma entrevista ao canal "Tempo de Mulher" no comando da jornalista Ana Paula Padrão.

O canal Tempo de Mulher abrange um portal dedicado a temas de interesse do universo feminino, uma produtora de eventos e um banco de inteligência totalmente voltados a entender a nova mulher brasileira.

Confira agora essa super entrevista com a musa do futebol!


Bandeirinha, musa e apaixonada por futebol

Mulher e futebol combinam sim, rapazes!


A bandeirinha Ana Paula Oliveira saiu dos gramados para a fama. Posou nua, venceu preconceitos e tornou-se importante na história do futebol





























Sempre que ela entrava no campo era um alvoroço para os homens presentes no estádio de futebol. Os olhares dos torcedores, antes atentos às entradas em campo dos seus times de coração, agora buscavam as laterais do gramado com o objetivo de achar aquela bandeirinha de que tanto falavam. Quase vinte anos depois, Ana Paula Oliveira, paulistana de Campinas, conseguiria visibilidade no país inteiro por sua competência dentro e fora das quatro linhas: por bandeirar com capacidade técnica em campo e posando nua para a Playboy.

O Tempo de Mulher entrevistou Ana Paula que afirmou com todas as letras: mulher e futebol combinam sim. Ela ainda nos contou da influência do pai na carreira, da possibilidade de voltar aos gramados no próximo ano e dos avanços e espaços que as mulheres vêm conquistando.

Dizem os homens que futebol e mulher não combinam. Você venceu num esporte predominante masculino. Se considera hoje um sex symbol dos gramados?

Não. Na verdade fui novidade na época, que provou que uma mulher é capaz sim de entender de futebol e dominar a regra do impedimento. A Marta provou que mulher e futebol combinam.

Seu sonho era se tornar jogadora de vôlei e você acabou indo parar no meio de 22 marmanjos correndo atrás de uma bola. Quando surgiu a bandeirinha Ana Paula?

Por acaso, nunca tinha me imaginado árbitra até ter vivido esta profissão de perto por intermédio do meu pai. Amo desafios e me tornar árbitra e atuar nos grandes jogos era algo que me fascinava e então passei a dedicar a minha vida ao futebol em especial à “arbitragem”. Iniciei aos 14 anos como mesária ou anotadora, aos 15 anos fiz meu primeiro curso, aos 19 anos me profissionalizei e aos 24 anos me tornei árbitra FIFA.

Assim que você ingressou no curso de arbitragem, seu pai aceitou com facilidade essa paixão pelo futebol?

No começo quando criança, ele me incentivou a fazer os cursos e a entender as regras. Mas quando falei que partiria para São Paulo para tentar carreira profissional ele pirou! Foi contra. Só depois de 03 anos como árbitra federada foi que meu pai passou a aceitar e me acompanhar e, como todo pai, exigiu que eu fosse a melhor... Mas no início brigamos muito.

Foi mais difícil posar nua para a Playboy ou apitar a final do Campeonato Paulista em 2003?

Foi mais difícil posar nua, primeira vez, não sabia como funcionava, era tudo muito novo. Já para a final fui treinada, não existia nada novo com exceção da transmissão ao vivo para todo Brasil. Precisava apenas lidar com a pressão.

Outra questão: você sofreu preconceito por parte das mulheres por posar nua?

Não posso afirmar isso, mas acho que um pouco.

Depois da publicação você não apitou mais um jogo oficial. Quais as razões para esse impedimento nos gramados?

Atuei sim, pela Federação Paulista de Futebol em vários jogos. O impedimento de atuar na CBF aconteceu devido uma mudança no critério de avaliação física. Para as mulheres estarem aptas a atuarem em jogos masculinos precisam realizar os mesmos testes físicos masculinos. Isso infelizmente atrapalhou meu retorno à CBF. Estava condicionada aos índices femininos. Depois solicitei um afastamento para me dedicar aos estudos e formação.

Certamente você entrou para a história do futebol brasileiro. Como gostaria de ser lembrada daqui a 40 anos?

Como a mulher que conquistou o respeito no campo de jogo.

Sempre foi mais fácil domar os homens dentro dos gramados ou fora dele?

Sem dúvida, domar dentro de campo é muito mais fácil do que fora dele.

Em sua opinião, o Brasil tem estrutura suficiente para receber uma Copa do Mundo?


Assunto delicado, a nossa infraestrutura me preocupa. Por exemplo: nossos aeroportos não possuem capacidade para comportar a demanda de tráfego. Sem falar na questão estádios. Como diz Romário: só Jesus para salvar a Copa no Brasil.

Seu sonho ainda é chegar a uma Copa do Mundo. A do Brasil é agora em 2014. Até lá você já está de volta aos campos de futebol?

Sonho sim com a Copa, agora de duas formas como árbitra ou jornalista. Mas pretendo retornar aos gramados no próximo ano. Recomeçar, com um passo de cada vez, a atuar como árbitra ainda existe.

Longe dos gramados, você ficou mais conhecida pela participação no reality show A Fazenda, em 2009. De que maneira o programa abriu outras portas para você?

Foi muito bom ter participado. Passei a fazer parte do casting da TV Record. Hoje atuo como comentarista na casa e colunista do Jornal Diário de São Paulo. E no ano do reality participei de muitos eventos, atuando como mestre de cerimônia, presença VIP, palestrante e árbitra em jogos festivos por todo o Brasil.

Como você vê o papel da mulher brasileira hoje em dia? Consegue enxergar um avanço assim que você se tornou bandeirinha até os dias de hoje?

Sim, sem dúvida houve um avanço. No futebol muita coisa mudou. Temos mulheres jornalistas de campo, o número de árbitras cresceu e mulheres dirigentes de grandes clubes. Entre outros exemplos, hoje temos uma mulher como presidente da República. E acredito que a cada ano estamos conquistando novos espaços, o avanço continua.

 

Postado em: Entrevista.

Tags: Ana Paula, Mulheres do Futebol.

 

Deixe o seu comentário



Ana Paula é destaque na imprensa Venezuelana

enviado por Ana Paula Oliveira, 26 de Julho de 2011 Comentários 2 comentários

 

 Para venezuelanos a bandeirinha brasileira é miss da arbitragem!

Antes de ir para A Fazenda 4, Ana Paula Oliveira concedeu uma entrevista para o portal esportivo Translajugada.com da Venezuela. Para os venezuelanos Ana Paula é considerada a miss da arbitragem do futebol. Na entrevista a bandeirinha contou fatos de sua vida esportiva, comentários sobre a Seleção Brasileira e seus sonhos. Ana possui muitos fãs na Venezuela, país que na Copa América passou para as semi-finais.

Ana Paula Oliveira: La miss del arbitraje
 

-¿Qué significa el fútbol en tu vida?
 
Ana Paula: Todo. Yo amo el fútbol. Fue por medio del arbitraje que soy conocida, y si sin duda le debo mucho al fútbol, todo lo que soy.
 
-¿Por qué el fútbol y no otro deporte
 
Ana Paula: No, la verdad yo practique otros deportes como voleibol y kung fu. No me gustaba mucho el fútbol, era más por influencia de mi papa pero termine entrenando y amándolo mucho.
 
-¿Algún ritual antes de salir al terreno de juego?
 
Ana Paula: Yo siempre hago una oración, de protección a Dios. Después de todo son miles de fans donde la mayoría son hombres y por ser mujer la protección es esencial.
 
-¿Algún deporte favorito?
 
Ana Paula: Sigo practicando las artes marciales y actualmente he hecho mucho thai chi.
 
-¿Fanático de algún equipo? (Cualquier disciplina)
 
Ana Paula: La Selección Brasileña y el Barcelona
 
-¿Algún ídolo? ¿Quién? y ¿Por qué?
 
Ana Paula: Messi. Creo que es el hombre del momento
 
-¿Qué aspiras para un futuro?
 
Ana Paula: Quiero volver hacer un buen trabajo en el campo de fútbol y en paralelo construir una carrera sólida en el periodismo.
 
-¿Crees que aún existen prejuicios en cuanto a la participación de las mujeres en el mundo del futbol? ¿Fuiste victima de alguno?
 
Ana Paula: Creo que el prejuicio aun existe, pero felizmente cada vez menos. Sí, yo sufrí el prejuicio por ser mujer en el comienzo de mi carrera.

-¿Has visitado Venezuela? ¿Qué te pareció?
 
Ana Paula: Tristemente no he ido a Venezuela todavía
 
-¿Cómo ves la evolución del fútbol venezolano en estos últimos años?
 
Ana Paula: He visto un crecimiento del equipo, está apareciendo cada vez más y tienen jugadores capacitados en el campo.
 
-Coloco tu nombre en internet e inmediatamente aparece que eres una de las mujeres más hermosas y con gran personalidad... ¿te consideras la árbitro más bella del futbol?
 
Ana Paula: (risas) No, hay árbitros muy bonitas que también merecen elogios.
 
-Neymar es quizás el jugador brasilero más importante del momento ¿cómo ves el futuro de su carrera?
 
Ana Paula: En Neymar veo que si mantiene los pies en la tierra y en su trabajo podrá llegar a ser el mejor jugador del mundo así como Kaka, Ronaldinho Gaucho, Ronaldo y Rivaldo.
 
-Por último envíale un mensaje a todos tus fans en Venezuela y que siempre te sigue en cada etapa de tu vida
 
Ana Paula: A todos mis fans de Venezuela agradezco el cariño y por acompañarme en mi carrera dentro y fuera del futbol. Espero que la selección venezolana haga una buena campaña este año. Mucha fuerza y mucha determinación en especial a los mujeres que escogen así como yo ser árbitros de futbol. Besos a todos.
 
Realizado por Rafael Cedeño
@sparta2010
 
Para ver toda entrevista acesse: http://traslajugada.com
 

 

Postado em: Entrevista.

Tags: Ana Paula, Mulheres do Futebol.

 

Deixe o seu comentário



É hora de votar para a Ana ficar na Fazenda 4

enviado por Ana Paula Oliveira, 21 de Julho de 2011 Comentários 0 comentários

 

 

 

Postado em: A Fazenda, TV.

Tags: Ana Paula.

 

Deixe o seu comentário



Momento do banho na Fazenda

enviado por Ana Paula Oliveira, 21 de Julho de 2011 Comentários 1 comentários

 

Depois de um longo dia, a bandeirinha toma banho no final da tarde!

Veja o vídeo! E Vote para Ana ficar!



Envie um SMS para: 77 012
Ligue:0303 1080012
Pelo site oficial do programa, acesse: http://afazenda.r7.com
Acompanhe a Ana Paula no Twitter @anabandeirinha

 

Postado em: A Fazenda, TV.

Tags: Ana Paula.

 

Deixe o seu comentário



Arquivos



Categorias



Twitter








Tags

Alter do Chão   Alterosa no Ataque   Amizade   Amor   Ana Paula   aniversário   ano novo   Antônio Carlos Gomes   árbitro   Armando Nogueira   assalto   Auriflama   Beijaço   beneficente   Brasília   Cacau Show   cachoeira   Carlos Alberto Simon   Conceição das Alagoas   concentração   Copa de 2014   copa do mundo   corinthians   Cruzeiro   Cumplicidade   desenho   despedida   determinação   Diário de São Paulo   Dunga   entrevista   exemplo   expocom   facebook   família   fãs   fazenda   FIFA   fortaleza   FPF   futebol   Futebol amador   glória   Hoje em Dia   Homenagem   ibirapuera   intercom   jogo das estrelas   Livresportes   livro   Manaus   Maria João Abujamra   midia   MMA   Mulher   Mulheres do Futebol   Museu do Futebol   música   Neto   Neymar   Nilson Monção   novos desafios   oficial   oportunidade   orkut   osasco   passarela   Pelejas   pênalti   perfil   Peru   Physicus   Pirenopólis   planejamento   Porto Ferreira   Posição Legal   praia   preconceito   prêmio   projeto   racismo   reality show   record   Red Bull   revista   Revista Digital   Salvador   Santarém   Santos   SBT   Seleção   Seminário   site   twitter   USP   vídeo   violência   violencia   Vitória/ES   voleibol  

[ página inicial ]

 Cadastre-seDiga não ao preconceito!LivrEsportes

Qual a necessidade de gerenciar o conteúdo de sua empresa?twitter facebook facebook

HomePerfilBiografiaBlogAgendaFotosVídeosNotíciasPalestras Contrate a AnaShopContato

 

Ana Paula Oliveira - Todos os direitos reservados 2009
Desenvolvido por AP1! Comunicação