Loading

Blog da Aninha

Musa da arbitragem brasileira esta em Piauí para curso de formação de árbitros

enviado por AP1 Comunicação, 31 de Outubro de 2015 Comentários 0 comentários

 

 Ana Paula Oliveira, está em Teresina (PI) para ministrar curso de formação de árbitros, confira a entrevista abaixo:


 

Postado em: arbitragem, Entrevista, Evento, futebol.

Tags: Ana Paula, árbitro, futebol, midia, vídeo.

 

Deixe o seu comentário



Seminário Nacional de Direito Desportivo - Elas têm algo a dizer

enviado por Ana Paula, 23 de Junho de 2015 Comentários 0 comentários

 

 

 

Postado em: arbitragem, futebol, Jornalismo.

Tags: Ana Paula, futebol, Mulher, Museu do Futebol.

 

Deixe o seu comentário



CBF testa piloto de treinamentos em São Paulo

enviado por Nalda Motta, 22 de Junho de 2015 Comentários 0 comentários

 

 
Nos dias 16, 17 e 18 de junho, instrutores da CBF estiveram em São Paulo para ‘Piloto de Treinamento Continuo para RENAF 2015’. Os trabalhos contaram com apoio da Federação Paulista de Futebol e do Sindicato dos Árbitros de São Paulo que não mediu esforços na logística e principalmente durante os trabalhos práticos disponibilizando frutas, gatorades, agua e lanches para todos que participaram das atividades.

Durante os três dias foram desenvolvidos trabalhos teóricos em sala de aula no salão nobre da Federação Paulista de Futebol e atividades praticas no campo do Nacional FC.

Na manhã do dia 16 foi realizado a cerimonia de abertura com a presença do Presidente da Comissão de Arbitragem da Federação Paulista de Futebol, Marcos Cabral Marinho de Moura, Arthur Alves Junior – Presidente do Safesp e os instrutores Alicio Pana Junior – Presidente da ENAF (Escola Nacional de Arbitragem de Futebol), Nilson de Souza Monção – Vice-presidente da Comissão de Arbitragem da CBF -, Ana Paula Oliveira – Secretaria da ENAF -, Dra. Marta Magalhaes – Psicóloga da CA-CBF -, Manoel Serapião, Milton Otaviano, Ednilson Corona, Silvia Regina de Oliveira, Sérgio Cristiano e Roberto Perassi.

Em nome da presidência da FPF, Marcos Cabral Marinho deu as boas vindas aos instrutores, agradeceu a escolha do nosso Estado para ser o anfitrião do importante evento e disponibilizou todo apoio necessário aos trabalhos tanto na sede da Federação como no estádio do Nacional. Por sua vez, Alicio Pena Junior, em nome da presidência da CBF, agradeceu a recepção e o apoio.

Em seguida, o Presidente do Safesp, Arthur Alves Junior, fez uso da palavra agradecendo a vinda dos instrutores para o Plano Piloto e falou aos árbitros da importância do conhecimento a ser adquirido por cada um no que seria realizado nos três dias de trabalho. Arthur também disse da oportunidade e da importância no currículo de cada árbitro em fazer parte de um projeto que será realizado em todo país com a elite da arbitragem brasileira. Finalizou sua fala lembrando as qualidades de cada instrutor, todos altamente gabaritados, sem deixar de ressaltar que os árbitros convocados para os trabalhos, são de diversas categorias do quadro da FPF demonstrando que as oportunidades são para todos ressaltando que os árbitros, independente de qual categoria pertencer, devem permanecer sempre atentos e preparados para quando ela surgir.

Trabalhos

Nos três dias de trabalho as atividades teóricas tiveram apresentação de vídeos e testes da trivia, analises de vídeos, leitura e posicionamento, controle de jogo e trabalho de equipe. Já nas atividades praticas em campo de jogo foram abordados e treinados os temas vistos e discutidos em sala de aula com a utilização de jogadores das equipes de base do Nacional FC.

No ultimo dia, após as atividades, foi realizado uma partida de futebol entre os árbitros/instrutores contra os jogadores do Nacional que participaram dos treinamentos. O destaque ficou por conta de Roberto Perassi - autor de dois gols - e do craque Manoel Serapião que esbanjou categoria nos passes e domínios de bola. O destaque negativo ficou por conta do goleiro Ednilson Corona que não conseguiu fazer nenhuma defesa sequer e Nilson Monção, que mesmo muito acionado na partida, decepcionou pela lentidão perdendo jogadas que causaram vários contra-ataques.

Encerramento

Após o encerramento dos trabalhos, o SAFESP ofereceu aos instrutores, jantar em uma churrascaria próxima a entidade – com musica ao vivo - com a presença de alunos do Curso de Árbitros Gratuito do Safesp e vários árbitros e assistentes do quadro da FPF/CBF. Durante o jantar, foram feitas varias homenagens aos instrutores com a entrega de flores, uma replica do estádio do Pacaembu, botons, postais e banners com fotos.

Agradecimentos

O Sindicato dos Árbitros do Estado de São Paulo (SAFESP) agradece a Sérgio Corrêa, Presidente da Comissão Nacional de Arbitragem da CBF, por ter escolhido nossos Estado para dar inicio a este importante projeto que certamente trará muitas melhorias na qualidade de nossos árbitros. Agradece também a Federação Paulista de Futebol pelo apoio, aos árbitros que participaram dos trabalhos nos três dias com comportamento de forma atenta e exemplar, aos alunos do curso que na terça-feira (16) tiveram oportunidade de conhecer os instrutores, sempre de forma respeitosa demonstrando a admiração pelo trabalho realizado por eles em prol da arbitragem. Agradece também aos diretores, a equipe de apoio e funcionários que se doaram diuturnamente para que tudo saísse como panejado.

Fonte: Site Safesp 

 

Postado em: arbitragem, futebol, Projeto, Trabalho.

Tags: Ana Paula, FIFA, FPF, planejamento.

 

Deixe o seu comentário



Entre cobras no Programa "Cante se Puder"

enviado por Ana Paula Oliveira, 15 de Março de 2012 Comentários 0 comentários

 

Reveja agora a participação de Ana Paula Oliveira no programa "Cante se Puder" exibido no dia 14/03, no SBT.

No programa, dois times de ilustres convidados se enfrentam para cantar a playlist de músicas famosas. O que eles não sabem é que, enquanto cantam, vão passar por distrações físicas com determinados níveis de dificuldade - e têm que seguir cantando enquanto podem.

Ana Paula Oliveira escolheu a música "Quero Que Vá Tudo Pro Inferno" de Roberto Carlos. Enquanto cantava, a árbitra passou por um sufoco.

Para concluir o desafio, Ana Paula  permaneceu deitada com cobras em todo o seu corpo, sem deixar de cantar. Difícil heim! Mas ela mandou muito bem e conquistou o 1° round do programa para a equipe azul, composta também por Lucas Poletto e Isabella Aguiar. 
 
Clique aqui para assistir a Ana Paula Oliveira no "Cante se Puder"

 

Postado em: TV.

Tags: Ana Paula, SBT.

 

Deixe o seu comentário



Arataca de todos os brasileiros

enviado por Ana Paula Oliveira, 16 de Setembro de 2011 Comentários 12 comentários

 

Hoje queria compartilhar com vocês uma das viagens que fiz por esse Brasil.  E que realmente me chamou a atenção. No dia 11 de setembro, cheguei nesta pequena cidade de apenas 10 mil habitantes. Mas que possui uma população maravilhosa  e me recebeu de braços abertos para a abertura do 1°Campeonato de Futebol de Um Novo Tempo.


Talvez muitos de vocês não a conheçam, mas no interior da Bahia, há uma cidade chamada Arataca que significa "Arapuca pra onça”. Foi uma viagem a trabalho, fui convidada para ser árbitra no jogo de abertura do campeonato e para mim foi uma honra fazer parte desse evento. A festa de abertura  foi muito linda e as equipes me respeitaram em todo decorrer da partida. Nota-se que Arataca é uma cidade apaixonada por futebol, sendo a grande maioria flamenguista.


Em particular gostei muito de ter conhecido a cidade, e fiquei encantada com a hospitalidade do povo que apesar de viver em condições muito simples, me contagiaram com alegria. Como forasteira, cheguei sem conhecer ninguém, mas sai com amigos formados.

Quero agradecer imensamente ao prefeito Rozano e família pelo cuidado e atenção e parabenizá-lo por incentivar as pessoas na vida esportiva. Além do presente de estar em Arataca, ainda tive a oportunidade de conhecer a cidade de Ilhéus, e vivenciar de perto um pouco da história de Jorge Amado, autor que admiro muito por seus romances. Também pude visualizar o fruto do cacau pela primeira vez e as maravilhas das praias que cercam Ilhéus. Realmente valeu a pena estar nessas cidades.


Espero retornar à Arataca brevemente e aprender cada vez mais sobre esse povo que me recebeu de braços abertos. Muito obrigada à Arataca-BA.

 

Postado em: Evento, Viagem.

Tags: Ana Paula.

 

Deixe o seu comentário



Tempo de mulher entrevista Ana Paula Oliveira

enviado por Ana Paula Oliveira, 15 de Agosto de 2011 Comentários 1 comentários

 

No dia 10 de agosto de 2011, Ana Paula Oliveira concedeu uma entrevista ao canal "Tempo de Mulher" no comando da jornalista Ana Paula Padrão.

O canal Tempo de Mulher abrange um portal dedicado a temas de interesse do universo feminino, uma produtora de eventos e um banco de inteligência totalmente voltados a entender a nova mulher brasileira.

Confira agora essa super entrevista com a musa do futebol!


Bandeirinha, musa e apaixonada por futebol

Mulher e futebol combinam sim, rapazes!


A bandeirinha Ana Paula Oliveira saiu dos gramados para a fama. Posou nua, venceu preconceitos e tornou-se importante na história do futebol





























Sempre que ela entrava no campo era um alvoroço para os homens presentes no estádio de futebol. Os olhares dos torcedores, antes atentos às entradas em campo dos seus times de coração, agora buscavam as laterais do gramado com o objetivo de achar aquela bandeirinha de que tanto falavam. Quase vinte anos depois, Ana Paula Oliveira, paulistana de Campinas, conseguiria visibilidade no país inteiro por sua competência dentro e fora das quatro linhas: por bandeirar com capacidade técnica em campo e posando nua para a Playboy.

O Tempo de Mulher entrevistou Ana Paula que afirmou com todas as letras: mulher e futebol combinam sim. Ela ainda nos contou da influência do pai na carreira, da possibilidade de voltar aos gramados no próximo ano e dos avanços e espaços que as mulheres vêm conquistando.

Dizem os homens que futebol e mulher não combinam. Você venceu num esporte predominante masculino. Se considera hoje um sex symbol dos gramados?

Não. Na verdade fui novidade na época, que provou que uma mulher é capaz sim de entender de futebol e dominar a regra do impedimento. A Marta provou que mulher e futebol combinam.

Seu sonho era se tornar jogadora de vôlei e você acabou indo parar no meio de 22 marmanjos correndo atrás de uma bola. Quando surgiu a bandeirinha Ana Paula?

Por acaso, nunca tinha me imaginado árbitra até ter vivido esta profissão de perto por intermédio do meu pai. Amo desafios e me tornar árbitra e atuar nos grandes jogos era algo que me fascinava e então passei a dedicar a minha vida ao futebol em especial à “arbitragem”. Iniciei aos 14 anos como mesária ou anotadora, aos 15 anos fiz meu primeiro curso, aos 19 anos me profissionalizei e aos 24 anos me tornei árbitra FIFA.

Assim que você ingressou no curso de arbitragem, seu pai aceitou com facilidade essa paixão pelo futebol?

No começo quando criança, ele me incentivou a fazer os cursos e a entender as regras. Mas quando falei que partiria para São Paulo para tentar carreira profissional ele pirou! Foi contra. Só depois de 03 anos como árbitra federada foi que meu pai passou a aceitar e me acompanhar e, como todo pai, exigiu que eu fosse a melhor... Mas no início brigamos muito.

Foi mais difícil posar nua para a Playboy ou apitar a final do Campeonato Paulista em 2003?

Foi mais difícil posar nua, primeira vez, não sabia como funcionava, era tudo muito novo. Já para a final fui treinada, não existia nada novo com exceção da transmissão ao vivo para todo Brasil. Precisava apenas lidar com a pressão.

Outra questão: você sofreu preconceito por parte das mulheres por posar nua?

Não posso afirmar isso, mas acho que um pouco.

Depois da publicação você não apitou mais um jogo oficial. Quais as razões para esse impedimento nos gramados?

Atuei sim, pela Federação Paulista de Futebol em vários jogos. O impedimento de atuar na CBF aconteceu devido uma mudança no critério de avaliação física. Para as mulheres estarem aptas a atuarem em jogos masculinos precisam realizar os mesmos testes físicos masculinos. Isso infelizmente atrapalhou meu retorno à CBF. Estava condicionada aos índices femininos. Depois solicitei um afastamento para me dedicar aos estudos e formação.

Certamente você entrou para a história do futebol brasileiro. Como gostaria de ser lembrada daqui a 40 anos?

Como a mulher que conquistou o respeito no campo de jogo.

Sempre foi mais fácil domar os homens dentro dos gramados ou fora dele?

Sem dúvida, domar dentro de campo é muito mais fácil do que fora dele.

Em sua opinião, o Brasil tem estrutura suficiente para receber uma Copa do Mundo?


Assunto delicado, a nossa infraestrutura me preocupa. Por exemplo: nossos aeroportos não possuem capacidade para comportar a demanda de tráfego. Sem falar na questão estádios. Como diz Romário: só Jesus para salvar a Copa no Brasil.

Seu sonho ainda é chegar a uma Copa do Mundo. A do Brasil é agora em 2014. Até lá você já está de volta aos campos de futebol?

Sonho sim com a Copa, agora de duas formas como árbitra ou jornalista. Mas pretendo retornar aos gramados no próximo ano. Recomeçar, com um passo de cada vez, a atuar como árbitra ainda existe.

Longe dos gramados, você ficou mais conhecida pela participação no reality show A Fazenda, em 2009. De que maneira o programa abriu outras portas para você?

Foi muito bom ter participado. Passei a fazer parte do casting da TV Record. Hoje atuo como comentarista na casa e colunista do Jornal Diário de São Paulo. E no ano do reality participei de muitos eventos, atuando como mestre de cerimônia, presença VIP, palestrante e árbitra em jogos festivos por todo o Brasil.

Como você vê o papel da mulher brasileira hoje em dia? Consegue enxergar um avanço assim que você se tornou bandeirinha até os dias de hoje?

Sim, sem dúvida houve um avanço. No futebol muita coisa mudou. Temos mulheres jornalistas de campo, o número de árbitras cresceu e mulheres dirigentes de grandes clubes. Entre outros exemplos, hoje temos uma mulher como presidente da República. E acredito que a cada ano estamos conquistando novos espaços, o avanço continua.

 

Postado em: Entrevista.

Tags: Ana Paula, Mulheres do Futebol.

 

Deixe o seu comentário



É hora de votar para a Ana ficar na Fazenda 4

enviado por Ana Paula Oliveira, 21 de Julho de 2011 Comentários 0 comentários

 

 

 

Postado em: A Fazenda, TV.

Tags: Ana Paula.

 

Deixe o seu comentário



Arquivos



Categorias



Twitter








Tags

Alter do Chão   Alterosa no Ataque   Amizade   Amor   Ana Paula   aniversário   ano novo   Antônio Carlos Gomes   árbitro   Armando Nogueira   assalto   Auriflama   Beijaço   beneficente   Brasília   Cacau Show   cachoeira   Carlos Alberto Simon   Conceição das Alagoas   concentração   Copa de 2014   copa do mundo   corinthians   Cruzeiro   Cumplicidade   desenho   despedida   determinação   Diário de São Paulo   Dunga   entrevista   exemplo   expocom   facebook   família   fãs   fazenda   FIFA   fortaleza   FPF   futebol   Futebol amador   glória   Hoje em Dia   Homenagem   ibirapuera   intercom   jogo das estrelas   Livresportes   livro   Manaus   Maria João Abujamra   midia   MMA   Mulher   Mulheres do Futebol   Museu do Futebol   música   Neto   Neymar   Nilson Monção   novos desafios   oficial   oportunidade   orkut   osasco   passarela   Pelejas   pênalti   perfil   Peru   Physicus   Pirenopólis   planejamento   Porto Ferreira   Posição Legal   praia   preconceito   prêmio   projeto   racismo   reality show   record   Red Bull   revista   Revista Digital   Salvador   Santarém   Santos   SBT   Seleção   Seminário   site   twitter   USP   vídeo   violência   violencia   Vitória/ES   voleibol  

[ página inicial ]

 Cadastre-seDiga não ao preconceito!LivrEsportes

Qual a necessidade de gerenciar o conteúdo de sua empresa?twitter facebook facebook

HomePerfilBiografiaBlogAgendaFotosVídeosNotíciasPalestras Contrate a AnaShopContato

 

Ana Paula Oliveira - Todos os direitos reservados 2009
Desenvolvido por AP1! Comunicação